O que você procura?

O objetivo é melhorar as normas para que procedimentos sejam mais efetivos e possam chegar ao proprietário do veículo.

Brasília, 18/10/18 – Na tarde desta quarta-feira (17) representantes do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) se reuniram com representantes do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para discutir ações de segurança de veículos no Brasil.

O encontro tratou sobre a modernização da Portaria Conjunta MJ e Denatran nº 69/2010, que estabelece novos requisitos para os procedimentos de recall de veículos automotores. O objetivo é melhorar as normas para que esses procedimentos sejam mais efetivos e possam chegar ao proprietário do veículo.

Também foi discutida no encontro a melhoria na comunicação entre as montadoras de veículos e o consumidor, por meio de uma parceria entre o Serviço de Processamento de Dados (SERPRO) e o Denatran, que disponibilizará uma ferramenta tecnológica que fará com que os comunicados de recall cheguem aos proprietários de veículos.

A diretora do DPDC, Ana Carolina Caram, destacou a importância dessa nova ferramenta. “A evolução dos processos de recall deve ser permanente e essa parceria tem o potencial de mudar o contexto de recall de carros no Brasil”.

Outra novidade apresentada na reunião foi a construção de um centro de testes de segurança de veículos no Brasil, em uma parceria entre o Denatran e o DPDC, que apoiará esse projeto com ações efetivas, apresentando as demandas do mercado de consumo e, por ventura, economicamente.

 

 

Redes Sociais

Política de Privacidade e Uso

Search